Choque de ordem na Ilha Grande

0
22

O feriado de carnaval tem sido sem festividade, mas com um choque de ordem em Angra dos Reis. Hoje (13), três ações foram realizadas na Ilha Grande, um dos principais destinos turísticos da cidade.

A primeira operação aconteceu no cais da Vila do Abraão e reuniu agentes do Grupo Especial de Polícia Marítima (Gepom) da Polícia Federal, com o auxílio de cães farejadores, e funcionários da Secretaria de Segurança Pública.

Foram abordadas cerca de 600 pessoas na chegada de flexboats e da barca vinda de Mangaratiba. Também foi feita uma fiscalização migratória de estrangeiros. O objetivo foi coibir a chegada de drogas e o tráfico de entorpecentes na Ilha Grande.

A outra operação teve como finalidade o ordenamento dos cais público de Japariz, Vila do Abrãao e de outras praias, assim como também fiscalizar a venda irregular de serviços turísticos em área pública, sem a devida licença do município.

Essa ação teve a participação da TurisAngra, da Secretaria Executiva de Segurança Pública, do Grupamento Ambiental Marítimo (Gram) e da Secretaria Executiva da Ilha Grande. Um vendedor de passeio foi multado na lei nº 3830/2018 de Ordenamento Turístico e outra pessoa também recebeu uma multa por colocar tenda em área pública sem licença, para atividade turística.

A terceira operação foi uma ação conjunta da Secretaria Executiva de Segurança Pública, Inea, Ibama, Upam PMERJ e o Gram nas praias de Lopes Mendes, Aventureiro e Parnaioca e envolveu irregularidades ambientais.

Foi feita a apreensão de uma barraca em Lopes Mendes e de outra na Parnaioca. Os ocupantes foram qualificados e liberados. O chamado camping selvagem é uma atividade proibida no município de acordo com a Lei 842 LO 96.

DEIXE UMA RESPOSTA